“O que é ser normal?”

Num mundo onde existe tanta diversidade, de raça, religião, cultura, nível social, econômico, é um crime rotular como “diferentes” pessoas que apresentam alguma deficiência ou necessidade de cuidados especiais. O fato de alguém apresentar alguma limitação, não faz dessa pessoa um indivíduo menos importante ou menos humano que outro, considerado normal pela sociedade.

As pessoas com vontade de mudar o mundo são capazes de aceitar e conviver com as diferenças, e quanto maior o número de pessoas unidas em torno desse ideal, mais rapidamente desfrutaremos de uma sociedade mais justa, igualitária e pacífica. Todos nós deveríamos nos manifestar quando o assunto é a discriminação, com o objetivo de mostrar não só ao Brasil, mas ao mundo inteiro que “ser diferente é normal”.

Como diz Gilberto Gil e Preta Gil…

Uma sociedade justa existirá, somente quando a diversidade for verdadeiramente respeitada por toda a humanidade.

Enquanto isso, EU acredito que diversidade não é problema, e que cada indivíduo merece ter a oportunidade de ser feliz com toda e qualquer diferença!

Ana Carolina Massaro
Coordenadora de Marília/SP