Pre_Lauriete (3)

Lauriete

Apolônias do Bem oferece tratamento odontológico integral e gratuito à mulheres que vivenciaram situações de violência e tiveram a dentição afetada durante as agressões.

Desde 2012, quando começou a ser desenvolvido, ele já garantiu atendimento a 1000 mulheres cisgênero e trasngênero de todo o Brasil. As beneficiárias são selecionadas por meio de triagens, quando passam por um rápido exame oral, não invasivo, e respondem ao OHIP (sigla em inglês, que significa Perfil de Impacto de Saúde Oral), uma ferramenta científica que mede o impacto da saúde bucal na qualidade de vida de uma pessoa).

São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves e OHIP mais alto, que sustentam a família e retomaram os estudos ou estão fazendo cursos de capacitação profissional.

Os tratamentos são oferecidos por meio de uma rede de dentistas voluntários, que realizam todos os procedimentos que as mulheres necessitam, independentemente da complexidade apresentada. Uma vez no programa, as apolônias (como as beneficiárias do programa são chamadas) e os profissionais que as atendem são acompanhados pelos funcionários da Turma do Bem até que os tratamentos se encerrem.

Por que Apolônias?

Personagem histórica, Apolônia viveu em Alexandria e morreu em 249, após ser presa, espancada e ter seus dentes quebrados e arrancados. Com o projeto, a TdB leva assistência odontológica para as apolônias de hoje, que também estampam a marca da violência em seus rostos.

Como se tornar uma apolônia?

1. Ao entrar em contato com a TdB ou com um voluntário e pedir o tratamento. Será solicitado um B.O. (Boletim de Ocorrência) da agressão sofrida, posteriormente, ocorrerá uma entrevista (Skype ou pessoalmente) e o exame clínico.

2. Por meio de triagens em casas de apoio para vítimas de violência realizadas pela TdB.

3. Por meio das triagens com mulheres provenientes dos Tribunais de Justiça ou Comissões Especializadas dos Tribunais, segundo o protocolo firmado por cada parceria.

Seja um dentista de uma Apolônia!

Seja você é um cirurgião-dentista e quer ajudar mulheres vítimas de violência a voltarem a sorrir, atendendo gratuitamente em seu consultório, preencha o formulário, assine e encaminhe (digitalizado por e-mail, fax ou Correio) para a TdB.

apoloniasdobem@tdb.org.br Rua Sousa Ramos, 311 – Vila Mariana – São Paulo/SP Cep: 04120-080 – Telefone: (11) 5084-7276/ Fax: 5084-1399

 

Apoio

logo correto implacil

 

                                                                           geistlich jpeg

 

                                                                                                                       logo odontoprev                        

 

 

         

apoio institucional