02
mai
2017

Jovens de baixa renda têm mais uma oportunidade de receber tratamento odontológico gratuito no Brasil

Organização social conta com 12.814 vagas disponíveis no País para adolescentes carentes com idades entre 11 e 17 anos

A Turma do Bem segue realizando Megatriagens odontológicas pelo Brasil. A organização social realiza todos os anos, no dia mundial do sorriso, a Maior Triagem Odontológica do Mundo, com o objetivo de identificar jovens de baixa renda entre 11 e 17 anos de idade que sofrem com graves problemas bucais. Neste ano, em algumas cidades uma nova triagem foi marcada.

No próximo dia 13 de maio, das 08h às 12h, o projeto Dentista do Bem, da OSCIP Turma do Bem, realizará um processo de seleção de jovens de baixa renda para receber tratamento odontológico gratuito em Salvador/BA. Em Vitória/ES, a Megatriagem acontece no dia 20 de maio.

O evento oportuniza quem não pôde comparecer participar da Maior Triagem do Mundo, na última sexta-feira, 28, devido à greve do transporte público. O objetivo é identificar adolescentes que necessitam de tratamento odontológico e proporcionar-lhes qualidade de vida por meio do acesso à saúde bucal.

 

Em Salvador, a triagem acontecerá na União Santa Cruz: Rua Armando Colavolpe, 42 – Santa Cruz, que fica próxima ao Colégio Municipal Teodoro Sampaio, no dia 13 de maio, entre as 08h e 12h.

Em Vitória, a triagem acontecerá na Fraternidade Espírita Fonte Viva (antigo Instituto de Educação Social Joana D’arc), na rua Manoel Rosindo, 252, São Pedro, no dia 20 de maio, entre as 08h e 12h.

Além de Salvador e Vitória, centenas de municípios brasileiros afetados pela Greve Geral também tiveram ou ainda terão triagens do projeto Dentista do Bem ao longo do mês de maio. Confira as datas e a lista dos demais municípios que ainda terão triagens:

Cidade Estado Data
Artur Nogueira SP 11/mai
Belford Roxo RJ 11/mai
Bertioga SP 28/mai
Capão da Canoa RS 11/mai
Capelinha MG 13/mai
Guaratinguetá SP 12/mai
Niterói RJ 15/mai
Paranaguá PR 12/mai
Ribeirão Preto SP 12/mai
Rio Grande RS 18/mai
Roseira SP 12/mai
São José dos Pinhais PR 12/mai
Tangará da Serra MS 11/mai
Três Lagoas MS 28/mai

Para solicitar uma triagem em uma escola ou instituição de sua cidade, clique aqui. A triagem – Para participar o jovem deve ter entre 11 e 17 anos, estar acompanhado de um responsável e portar RG, comprovante de residência e de matrícula em escola pública. O processo é simples, rápido e não invasivo: o dentista faz um exame visual da condição bucal de cada jovem e preenche uma ficha com dados sobre a saúde bucal e a condição socioeconômica da família. A seleção – Após a triagem, é elaborado um dossiê de cada criança e adolescente com a ficha de avaliação, uma cópia do comprovante de residência e a autorização dos pais ou responsáveis para que o tratamento seja realizado. A seleção é feita por meio da aplicação de um índice de prioridade, que beneficia as crianças e os adolescentes mais pobres, com problemas bucais mais graves e os mais velhos, que estão mais próximos do primeiro emprego. Cada selecionado recebe uma carta com o nome e o endereço do dentista voluntário que será responsável pelo seu tratamento; para facilitar o acesso, a TdB encaminha o beneficiário para o consultório mais próximo da sua residência. O tratamento – Os dentistas voluntários atendem, em seus próprios consultórios, as crianças e os adolescentes selecionados até eles completarem 18 anos. Curativo, preventivo e educativo, o tratamento é totalmente gratuito e completo, incluindo, se necessário, radiografias, ortodontia, próteses e implantes, por exemplo.   Maior Triagem Odontológica do Mundo Nos últimos dias 27 e 28 de abril, o projeto Dentista do Bem triou milhares de jovens de baixa renda na quinta edição da Maior Triagem Odontológica do Mundo. A ação aconteceu simultaneamente em mais de 211 munícipios do Brasil, outros seis países da América Latina (Argentina, Bolívia, Colômbia, México, Paraguai e Peru) e Portugal, em comemoração ao dia Mundial do Sorriso. Com isto, a organização oferece tratamento gratuito a quem precisa e não pode pagar pelo serviço, e também evidencia os problemas decorrentes da falta de acesso à Odontologia. “Um adolescente que não tem possibilidade de ir ao dentista e de cuidar da boca, será um adulto infeliz. Isto porque quem sente dor não estuda, não brinca, não consegue um bom emprego, não beija na boca e se afasta dos amigos. O acesso à saúde bucal de qualidade faz com que esses jovens sejam incluídos novamente na sociedade”, afirma o coordenador regional voluntário da TdB, Dra. Angemerli Teodoro. No Brasil, segundo o Conselho Federal de Odontologia (CFO), 20 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista e 68% não sabem que têm direito a tratamento odontológico público. Além disso, de acordo com dados da Oral-B, o consumo médio de escova de dentes no Brasil é de 1,9 escovas/ano* – muito distante da recomendação de 4 escovas/ano, respeitando-se a orientação de troca a cada 3 meses, por questões de higiene e razões funcionais. Para Teodoro, esse cenário é resultado de um descaso histórico com a questão da odontologia. “As pessoas continuam sofrendo para ir ao dentista.”   Sobre a Turma do Bem A Turma do Bem (www.tdb.org.br) gerencia a maior rede de voluntariado especializado do mundo, contando com 16 mil dentistas atuando em 14 países. Oferece atendimento odontológico gratuito à população de baixa renda em condição de vulnerabilidade social e com graves problemas bucais, focando-se em dois públicos principais: jovens de 11 a 17 anos e mulheres vítimas de violência doméstica. Em 15 anos, impactou quase 68 mil jovens e mais de 750 mulheres. Tem um modelo inovador de gestão, baseado no voluntariado e caracterizado pela fácil replicabilidade.   O fundador e presidente voluntário da TdB, Dr. Fábio Bibancos, é reconhecido internacionalmente como Empreendedor Social pela Schwab Foundation (www.schwabfoundation.org) e pela Ashoka (www.ashoka.org) por seu trabalho à frente da organização. Além disso, em 2011 a Turma do Bem foi laureada com o prêmio Saúde Oral, na categoria Solidariedade Social, devido ao trabalho desenvolvido em Portugal; em 2015 foi selecionada entre 1.400 organizações sociais de todo o mundo para integrar o primeiro portfólio da Epic Foundation de instituições que investem em alto impacto social; e em 2016 venceu o prêmio Visionaris, oferecido pelo banco suíço de investimento UBS, por suas inovações nas áreas de sustentabilidade e captação de recursos. Faz parte da Rede Folha de Empreendedores Socioambientais e é apoiada pela Salesforce Foundation, pela ONU Mulheres e pela COMESP (Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário).   Sobre o Dentista do Bem – O projeto Dentista do Bem conta com o trabalho voluntário de cirurgiões-dentistas que atendem crianças e adolescentes de baixa renda, proporcionando-lhes tratamento odontológico gratuito até completarem 18 anos. Os pacientes são selecionados por grau de necessidade em triagens que envolvem crianças de 11 a 17 anos e são realizadas em escolas da rede pública e organizações sociais de todo o Brasil. A seleção é feita por meio da aplicação de um índice de prioridade, que beneficia as crianças com problemas bucais mais graves, mais pobres e mais próximas do primeiro emprego. O dentista voluntário atende os jovens selecionados em seu próprio consultório. Curativo, preventivo e educativo, o tratamento é totalmente gratuito e completo, incluindo, se necessário, radiografias, ortodontia e próteses, por exemplo. Quase 700 mil crianças e adolescentes passaram pelas triagens da TdB e 68 mil já foram encaminhados ao dentista.





Comentários (0)


Deixe seu comentário