09
out
2013

UM PROGRAMA DE TV PARA CHAMAR DE NOSSO

A Turma do Bem agora tem mais um canal de divulgação. O programa Mestres do Sorriso, que estreia nesse sábado, 12 de outubro, no Discovery Home&Health, passa a apresentar o cotidiano da ONG em rede nacional. Mestres é exibido todos os sábados às 23h50, com reapresentações durante a semana.

No programa, mostramos a realidade de jovens com graves problemas odontológicos e sem condições financeiras que são selecionados para participar do projeto Dentista do Bem. E, em cada episódio, acompanhamos um caso incrível de transformação.

“Outra coisa muito legal é que o programa humaniza os dentistas, que são seus grandes protagonistas. Mostra o cuidado e a atenção que os profissionais têm com seus pacientes, o que vai muito além do atendimento”, afirma Fábio Bibancos, presidente-voluntário e apresentador de Mestres.

Além de mostrar a recuperação da saúde e da auto-estima desses jovens através dos novos sorrisos, o programa serve como uma denúncia sobre a falta de acesso à saúde bucal no Brasil. Segundo o IBGE, mais de 23 milhões de pessoas nunca foram ao dentista no país.

O programa tem estrutura de documentário, e preza por manter uma abordagem sensível e humanista da vida desses jovens. “O público acompanhará desde o momento em que essas crianças receberam a notícia de que foram selecionadas até a conclusão da primeira etapa. É incrível ver o impacto que esse processo trouxe na vida desses jovens”, afirma a diretora do programa, Andrea Pasquini, premiada pelos filmes Os Melhores Anos de Nossas Vidas, Fiel, Sempre no Meu Coração e A História Real.

Mestres do Sorriso é uma parceria entre a TdB, a Amil Dental e a produtora Orion.



08
out
2013

Trabalho ou serviço?

Trabalho ou serviço?

Aproveitando o Dia Nacional Do Voluntariado, fui visitar todos os dentistas voluntários de minha rede, levando-lhes um pequeno “mimo” em agradecimento. Queria ouvi-los, sentir como está nosso projeto.

Fiquei feliz com o resultado, a grande maioria atende nossas crianças com o coração, com alegria, fazem do voluntariado um “serviço” – pois, pesquisando, encontrei na origem das palavras, serviço e trabalho, uma diferença de vocábulos e significados.

A palavra “trabalho” é originária do latim Tripalium, significa um instrumento de tortura formado por três (tri) paus (palium), desse modo, originalmente trabalhar significa ser torturado no tripalium, ou seja, nos três paus. Já a palavra “serviço” está relacionada com o amor, com o prazer em ser útil e com a doação de um favor sem querer nada em troca.

Fiquei emocionada, quando uma de minhas voluntárias me disse: “qual o custo de algumas resinas se o que eu recebo de volta me enriquece muito mais, não tem preço?”

Angela Maria Bortolucci
Coordenadora de Jaú/SP



07
out
2013

É possível ser do bem!

É possível ser do bem!

Todo mês, quando recebo o email do Manoel pedindo a coluna, fico na dúvida do que escrever… Mas confesso que dessa vez foi mais fácil. Em “tempos” de SdB, como escrever sobre outro assunto?

 Estou muito feliz por poder participar novamente, não tenho palavras que expressam o quanto foi importante participar do evento do ano passado, então peço licença ao Dr. Leonardo Costa (coordenador de Salvador), pois as sua palavras descrevem tudo que o Sorriso do Bem representa.

Posso garantir que voltei mais humana quando conheci  mais perto a história “dos personagens” dos documentários da TdB. Não tem como não parar e pensar: eu reclamo de quê?

Confesso que o mundo de hoje me assusta muito, será a tal “fase de transformação ou será realmente o fim do mundo como dizia minha bisavó”… Às vezes tenho a impressão de que tudo está virado de cabeça para baixo, você tenta ler ou assistir um o jornal onde só tem mortes em família (sendo esse um dos crimes menos cruéis). Mas conhecendo a TURMA DO BEM, descobri que é possível fazer um mundo melhor.

E tenho certeza que esse ano não será diferente, confio que a TdB realmente seja o começo do tal “mundo melhor” que todos falam, fazem algo totalmente CONCRETO, que se cada um fizesse o que vocês DENTISTAS DO BEM fazem, poderíamos construir esse mundo tão sonhado logo, logo.

“Fazer pelo outro o que você faria pelo seu próprio filho”.

Espero trazer na bagagem da alma do SdB 2013: muitos sorrisos, muitas lágrimas e sendo assim muito aprendizado. A certeza de energias renovadas, essa não tenho dúvida.

Obrigada à TdB e à Dra. Jakeline Dantas por esta oportunidade!!!

Elizane Rodegheiro Oliveira
Secretária do Bem de Pelotas/RS 




04
out
2013

Enfréntalos!

Enfréntalos!

¿Cuál es nuestra primera reacción cuando nos encontramos frente a una situación que sabemos va a exigir mucho de nosotros? ¿O cuando estamos frente a frente ante algo desconocido, vergonzoso o aparentemente amenazante?

 Miedo!

Sí, esa sensación tan poderosa que literalmente puede jalarnos hacia atrás en un despótico tirón, cual malévolo titiritero hace con su marioneta, nos conduce a la respuesta instintiva de huir. La triste realidad es que no podemos huir muy lejos pues nuestros problemas son, casi siempre, más veloces que nosotros, y aun cuando les ganemos la carrera descubriremos con inaudita sorpresa que también son omnipresentes (y entonces nos entrará más miedo).

Una vez que nos convencemos que la huida ya no es posible y la taquicardia está al máximo, nuestro organismo apela a la segunda reacción biológica disponible: luchar.

Es en este estado de excitación extrema en el que el más inocente roedorcillo empieza a lanzar mordiscos y la más frágil de las aves se pone a picotear agresivamente al adversario. Con nosotros pasa exactamente lo mismo. La persona más tímida, abatida o inexperta saca un lado febrilmente apasionado con tal de sobrevivir. Y entonces sucede el cambio.

El miedo nos empuja a utilizar recursos que jamás nos hubiésemos imaginado que teníamos: talentos escondidos, coraje inusitado y una seguridad arrolladora, todos guardados durante años en la oscura habitación del miedo.

Una situación extrema nos permite darnos cuenta de una vez por todas que nuestros problemas ni eran tan grandes ni eran tan poderosos, e inclusive, que no eran reales.

Tarde o temprano, si sigues huyendo y dejando que el miedo sea quien tome las decisiones que rigen tu vida, esa situación desesperada se presentará, estés listo o no. Pero si ya mismo y sin más postergación, decides cambiar tu actitud de una temerosa y cabizbaja a una ardiente y combativa, los resultados serán maravillosos.

Anímate a descubrir ese poderoso lado tuyo, vence tus miedos y recuerda que si das un paso atrás, que sea sólo para tomar impulso y luego lanzarte sin temor a conquistar tus sueños más anhelados.

 

Ana Gabriela Zabala
Coordenadora de La Paz/Bolívia

 



02
out
2013

Eu, a patroa e as crianças

por José Henrique Sironi
(coordenador voluntário de Laranjeiras do Sul/PR)

 

Não, o texto não é sobre o seriado de TV. Na ocasião em que decidi usar este título, estava lendo um e-mail do Emanuel no qual nos apressava para a entrega desta coluna. Tal qual a maioria dos Dentistas do Bem, li a mensagem pelo celular enquanto executava 1000 tarefas ao mesmo tempo, dentre elas, a de marido.

Atolado em tantos afazeres, acabei sentindo um “ciuminho” por parte da minha esposa quando falava da TdB. Daí o título…

A boca fala do que o coração está cheio, já dizia Jesus, muito tempo atrás. Baseados neste versículo de Mateus, hoje podemos facilmente perceber qual a paixão de uma pessoa através de suas conversas.

Sim, sou apaixonado pela Turma do Bem. Gosto de estar nesta correria; fazer parte; cadastrar dentistas; arrumar briga pelas crianças e falar, em todo momento sobre o programa Dentista do Bem…

Porém, confesso, essas crianças estão me causando certo problema, lá em casa.

O fato de alguns loucos se importarem com aquilo que ninguém quer dar à mínima, nos toma um tempo precioso.

Mas é justificável. Cada um de nós, que assumimos a condição de voluntários, temos instintivamente uma tendência à doação. Não fosse assim, qual o motivo para passarmos 4 ou 5 dias discutindo o bem de outros sem receber salário, pelo contrário, muitas vezes pagando para estar lá. Deixando de lado o eu (no caso, o “ela”, minha esposa).

As primeiras palavras que minha amada proferiu, ainda na rodoviária de Laranjeiras do Sul, na ocasião da nossa última reunião em SP, foram: “Esta foi a última viagem deste ano, Sr. José Henrique…” (… imagina quando contar que tem capacitação em outubro?).

Mas tenho certeza que a causa de toda essa briga tem um valor muito maior…

Uma vez ouvi algo, de um homem muito sábio, que fez todo sentido. Ele perguntava:

“-De cabeça… sem pesquisar, qual era o nome do seu tetravô por parte de pai?”

Tenho certeza que a maioria não faz sequer ideia… eu, ao menos, não lembro.

Logo em seguida explicou: Este pequeno teste só prova que passada duas ou três gerações, o nosso nome será esquecido, porém, aquilo que fizermos pelo próximo, isso permanecerá.

Seguindo esta lógica, talvez existam entre nossos pacientes, alguns que não saibam o nosso nome (faça o teste). Agora, se daqui a 50 anos, alguém perguntar para qualquer um dos beneficiários se lembram de algo de bom que foi feito por suas vidas, mesmo não lembrando de nossos nomes, certamente estaremos na lista destes então, senhores e senhoras.

Diante dessa pequena reflexão, acabo me convencendo que este pouco tempo dedicado para pensar, discutir e planejar estratégias, colocar a mão na massa e pagar o preço, não é nada, comparado à oportunidade que abrimos para o beneficiário.

Por fim, para ajudar estas crianças arrumei uma briga séria com a patroa, mas entendo: não é fácil pra ela dividir este meu corpinho roliço…



01
out
2013

Reconhecimento acima de tudo

Reconhecimento acima de tudo

 

Assunto de hoje: blog Abra a Boca – Plantão TdB!!!

Parabéns a todos os dentistas finalistas , vocês merecem toda nossa admiração e respeito. Para quem foi selecionado entre 15 mil voluntários… uma surpresa maravilhosa!!!

Fruto de dedicação, trabalho com amor, doação de tempo e conhecimento da maneira mais fraternal possível. Voluntários que realmente fizeram a diferença na nossa rede no ano de 2013, sempre dispostos a devolver sorrisos e autoestima. Pessoas capazes de mudar o mundo! Super merecedores do Golden Ticket!!!

Fiquei muito feliz ao ver o nome do Dr. David Spressão Lima, dentista do bem aqui de Marília, como um dos finalistas na lista de MELHORES DENTISTAS DO BEM. Que venha outubro! Que venha o Sorriso do Bem 2013!!!


Ana Carolina Massaro

Coordenadora de Marília/SP