Retratos de crianças do êxodo

Estou a pensar sobre as vidas atrás dos rostos retratados pelo reconhecido fotógrafo Sebastião Salgado… e, como dentista, adquiri o hábito quase instantâneo de observar sorrisos.

Neste sensível e impactante trabalho, foi captada a vulnerabilidade emocional destas crianças que fazem parte do contingente alarmante de necessitados por saúde, educação e moradia, segundo os números assustadores relatados anualmente pela UNICEF.

Neste livro, das 90 crianças de diferentes regiões da Terra, apenas 4 aparecem com um sorriso aberto, poucos exibem um sorriso, embora com os lábios contidos, e a maioria não sorri.

O sorriso, pelo qual me apaixonei, e que ocupa uma parede da recepção de meu consultório, é o de uma criança do campo de refugiados bósnios do enclave de Bihac na Croácia, em 1995 (pagina 26) . Pouco espontâneo, com as mãos entrecruzadas, ele reflete certa timidez , insegurança e desamparo.

 

 

Diariamente, quando passo pelo quadro, lembro- me que podemos oferecer motivos para que um jovem se sinta acolhido por um gesto humanitário, sendo respeitado.

 

Sugestão de leitura

1- Retratos de Crianças do Exodo- Sebastião Salgado Companhia das Letras

 

 

Vanessa Leal Tavares Barbosa
Coordenadora e DENTISTA DO BEM de Vitória/ES