Se eu soubesse o que sei agora

Conta-se que o dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua e lhe falou: Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o senhor conhece tão bem. Poderia redigir um anúncio para o jornal?

Olavo Bilac, muito solícito, pegou um papel e escreveu:

“Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os passáros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeirão. A casa, banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranquila das tardes, na varanda.”

Meses depois, o poeta topa com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio. Nem pensei mais nisso, disse o amigo. Quando li o anuncio é que percebi a maravilha que tinha.

Às vezes, para que possamos reconhecer o valor dos tesouros que possuímos, é preciso que alguém nos abra os olhos. E isto não acontece somente com relação aos bens materiais, mas também no campo afetivo. Talvez motivados pela rotina ou pela acomodação, passamos a observar apenas as manias ou os pequenos defeitos daqueles que convivem conosco, esquecendo-nos das qualidades boas que eles possuem. Não é raro alguém de fora nos surpreender com uma lista de virtudes dos nossos entes queridos, que passam despercebidos aos nossos olhos.

Assim, não façamos como o comerciante que queria vender seu sítio, e ao ler o anúncio redigido por alguém de fora, mudou de ideia. Tenhamos, nós mesmos, olhos de ver, ouvidos de ouvir e sensibilidade para sentir as boas qualidades e as virtudes daqueles que nos seguem mais de perto.

Existem pessoas que nem sempre conseguem demonstrar seus verdadeiros sentimentos. Talvez por medo de uma decepção ou por timidez, escondem-se atrás de uma couraça de proteção que as faz sentirem-se mais seguras. E essa forma de isolar-se, muitas vezes pode aparecer disfarçada de agressividade ou de comportamento antissocial.

É por essa razão que precisamos desenvolver nossa capacidade de penetrar os sentimentos das pessoas, um pouco além das aparências.

 

Selma Rocha
Coordenadora e DENTISTA DO BEM de Curitiba/PR