Tempos de Campanha…

Estive em Campo Grande/MS há sete dias, em reunião da Federação Interestadual dos Odontologistas, e vi uma cidade organizada com uma Odontologia no SUS de dar inveja, dentistas mobilizados e participativos em defesa de sua causa, boa base salarial (não a ideal, mas razoável), plantões bem remunerados e concurso público como prática de contratação…

Na Câmara de vereadores estavam 300 dentistas para ver uma estagiária do Sr. Dr. Pucca falar do SUS, de suas realizações desde 2004 até hoje, e de novos projetos… Saúde nas ruas, com equipe multidisciplinar, médico, psicólogo, terapeuta, enfermeiro, TSB…

Não… não esqueci o dentista! É que nesse atendimento ao pessoal que mora nas ruas a odontologia só vai ser acompanhada pelo técnico.

Agora, imaginem a piada, excluídos de um projeto que se direciona à saúde bucal, dá pra entender?

Ah, vamos esquecer isso! Tem outro projeto melhor a ser lançado nesse ano: o Barco da Saúde Bucal. Ele vai atender toda a comunidade ribeirinha… Algo meio familiar, vocês não acham? A última é que resolveram realmente assumir a responsabilidade da tutela ao índio, lembraram que ele tem boca e criaram a Secretaria de Saúde Indígena, extinta Funasa… com as mesmas pessoas… só, e somente isso, mudaram o nome (então, provavelmente a estorinha continuará a mesma…)!

No final das contas, observando tudo e todos, vejo que, depois de quase 6 anos no Dentista do bem, estamos bem à frente de toda essa movimentação equivocada da Odontologia.

 

Daiz Nunes
Coordenadora e DENTISTA DO BEM de Macapá/AP