03
ago
2010

Turma do Bem constrói clínica odontológica para comunidade carente de São Luiz do Paraitinga – 03/08/2010

Sete meses após a tragédia que destruiu a cidade de São Luiz do Paraitinga, a comunidade acaba de ganhar um motivo real para sorrir. A razão é a clínica odontológica que acaba de ser inaugurada e que dará continuidade ao tratamento que vinha sendo oferecido gratuitamente a alguns jovens e crianças da comunidade pela OSCIP Turma do Bem.

Erguida após a mobilização da Turma do Bem, de seus dentistas voluntários, do Rotary Club, da Associação Casa da Amizade de São Luiz do Paraitinga e de uma parceria com a Zabo Engenharia,Selma Penna Arquitetura e com o paisagista Marcelo Faisal, a clínica poderá atender toda a comunidade de São Luiz do Paraitinga. Isso porque os oito únicos consultórios existentes na cidade foram destruídos e a população, se tivesse qualquer problema dentário, tinha que ir à cidade mais próxima, localizada a cerca de 40 km de distância (Taubaté). 

Dos oito consultórios, quatro pertenciam aos dentistas voluntários da Turma do Bem que, além de atenderem a seus clientes, ofereciam gratuitamente tratamento a alguns jovens e crianças da cidade por meio do projeto Dentista do Bem. 

A nova clínica fica no mesmo terreno do Rotary Club e, por meio de doações, ganhou equipamentos modernos. Graças à solidariedade de todos os envolvidos, os dentistas voluntários da Turma do Bem puderam retomar seus trabalhos na cidade e as crianças e adolescentes de baixa renda voltaram ao tratamento que, antes da tragédia, vinha sendo feito gratuitamente por meio do projeto Dentista do Bem. 

É o caso de Develize Izilda de Souza, de 17 anos. O seu maior sonho era colocar um aparelho nos dentes. Começou o tratamento em outubro de 2009, após participar da triagem feita em escolas pelos dentistas voluntários. Quando a cidade foi destruída teve que interromper o tratamento por não ter condições de ir à clínica mais próxima, localizada a 40 quilômetros. Flávio Luiz da Silva, de 15 anos, também passou pelas mesmas dificuldades de Develize. Ao perder tudo na enchente, parou o tratamento para reconstruir a vida ao lado de sua família. Outra jovem é Joyce Santana, de 14 anos, que esboça, mesmo timidamente, um sorriso no rosto, apesar de ter de reconstruir aos poucos tudo o que perdeu. 

“Não há palavras para descrever o que realmente a mobilização solidária é capaz de fazer. O resultado é mais que gratificante, é eterno, pois traz elementos fundamentais e mudanças positivas para a vida de cada uma dessas crianças”, desabafa Fábio Bibancos, presidente da Turma do Bem. 

O projeto “Dentista do Bem” é o principal projeto da Turma do Bem que, atualmente conta com mais de 7500 dentistas voluntários nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Os dentistas atendem jovens e crianças de baixa renda proporcionando-lhes tratamento odontológico gratuito até completarem 18 anos. A Turma do Bem também está presente em Portugal e em 8 países da America Latina e Central: Chile, Paraguai, Peru, Venezuela, Argentina, México, Costa Rica e Colômbia.   

A OSCIP já atendeu mais de 12 mil jovens por meio do trabalho voluntário feito pelos dentistas participantes do projeto Dentista do Bem. Até o final de 2010, a Turma do Bem pretende aumentar o número de beneficiários em 25%, chegando a 15 mil jovens atendidos. 

Apesar de o número parecer significativo, a situação no país é bem preocupante. Embora haja no Brasil, em média, um dentista para cada 838 pessoas – o que, segundo a Organização Mundial de Saúde, é mais do que ideal -, os números de desdentados surpreendem. Para se ter uma idéia, a condição da saúde bucal é tão precária que o país já contabiliza 25 milhões de brasileiros totalmente desdentados. 

“O Dentista do Bem é um projeto que tem como um dos objetivos mudar essa situação tão drástica e pouco discutida no Brasil – a saúde bucal. O que vemos durante as triagens é uma realidade triste com consequências sérias e traumáticas”, explica Fábio Bibancos. “Elas não conseguem se sentir inseridas na comunidade, têm dificuldades para arrumar emprego, ter amigos, sorrir, comer, conversar, beijar.





Comentários (0)


Deixe seu comentário