04
ago
2014

Kit de higiene bucal já!

por Walter da Silva Jr., dentista do bem de Bauru/SP

 

O Brasil é um país de desdentados. Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde Bucal: SB Brasil 2010, 13,7% dos jovens com idade entre 15 e 19 anos necessitam de prótese dentária, assim como 68,8% dos adultos com idade entre 35 e 44 anos e 92,7% dos idosos com idade entre 65 e 74 anos. Para agravar o quadro, o acesso da população ao kit dental (escova, pasta e fio dental, únicas ferramentas que previnem os problemas bucais) é problemático. Segundo o estudo SB Brasil de 2003, 45% dos brasileiros, ou seja, 86 milhões de pessoas, não possuíam acesso regular a escova de dente. De lá pra cá, o governo se gaba de ter distribuído 72 milhões de kits dentais – um déficit enorme, que piora ao lembrarmos que eles deveriam ser redistribuídos a cada três meses.

Por isso, a TdB vem se mexendo para ir além do trabalho curativo desenvolvido pelos dentistas do bem. Afinal, apesar de transformar a realidade de dos quase 48 mil beneficiários, os atendimentos promovidos pelo projeto não resolvem, nem de longe, o problema da saúde bucal do Brasil. O que são dezenas de milhares perto dos milhões desassistidos pelo poder público?

Nesse sentido, a luta para que as prefeituras distribuam gratuitamente o kit de higiene bucal é uma arma poderosa. A ideia é fantástica e, em longo prazo, reduzirá consideravelmente a demanda por tratamentos odontológicos. (Porém, como sempre, o dinheiro público é mal gerido. Daí, faltam recursos nas ações preventivas. Com isso, os problemas bucais se agravam… e o governo não dá conta de resolvê-los).

Mesmo assim, muita coisa já foi feita. Ao todo, em oito cidades um ou mais projetos de distribuição de kit dental já estão em execução – o que garante um impacto direto em mais de 200 mil pessoas. Além disso, em dezenas de outras eles foram sancionados e estão aguardando entrar em execução.

Agora você pode se perguntar: “tá… mas como eu faço para a prefeitura distribuir escova, pasta e fio dental?”

Uma forma bacana é por meio de algum jornalista inquieto. Aquele tipo que está sempre cutucando. Aqui em Bauru, por exemplo, o jornalista Nelson Gonçalves (por sinal, assim como seu homônimo famoso também é cantor) nos procurou. Ele estava fazendo uma matéria ampla sobre a saúde bucal da cidade. Através dele, marcamos audiência com o prefeito e seus secretários. Estes se comprometeram a aumentar o número de kits para a distribuição nas escolas e levantar o número de usuários dos postos de saúde para viabilizar a compra e distribuição nesses locais.

Claro, essa não é a única forma. Você pode ir atrás de um vereador conhecido e apresentar a proposta (clique aqui para saber mais)… pode ir direto no prefeito… pode fazer barulho nas redes sociais… o importante é que a discussão comece… e para achar a melhor abordagem, a TdB tem uma equipe pronta para dar todo o suporte (entre em contato pelo e-mail pp@tdb.org.br ou no telefone 11 5084-7276).

Se todos nós pressionarmos os chefes de nossos municípios, em pouco tempo mudaremos a realidade daqueles 86 milhões sem acesso ao mínimo necessário para cuidar de seu sorriso! Por isso, vamos à luta: Kit de higiene bucal já!





Comentários (0)


Deixe seu comentário